Travessia dos Oceanos – Emissão de 17 de Outubro com Sofia Oliveira e Roberto Menescal

Travessia dos Oceanos - Emissão de 17 de Outubro com Sofia Oliveira e Roberto Menescal

Bom dia caros leitores e ouvintes assíduos da Travessia dos Oceanos. Depois de mais uma emissão cheia de emoções fortes, estamos aqui para lhes anunciar o que a próxima emissão de 17 de Outubro tem para lhe oferecer. À conversa estaremos com Sofia Oliveira e Roberto Menescal. Duas entrevistas a não perder. 

Destaque Entrevistas

Sofia Oliveira

Sofia Oliveira

Sofia Oliveira tem apenas 17 aninhos, mas um talento que não lhe cabe na tão tenra idade. Cantora e compositora brasileira, ficou conhecida em 2015, na Internet, com o seu canal no Youtube.

Actualmente o seu canal já conta com mais de 150 milhões de visualizações. Entre os vídeos publicados pela jovem encontramos covers, cup songs, respostas a músicas, e agora também músicas de sua autoria.

Nas redes sociais já conta com mais de 6 milhões de fãs. Este sucesso fez com que algumas emissoras de televisão lhe dessem destaque, como a Record ou a SBT.

Luan Santana já a convidou até para cantar com ele num evento do Youtube Brasil.

Este ano assinou contracto com a Warner Music Brasil, lançando o seu primeiro videoclipe – Eu te amo tanto. Já ultrapassou 2 milhões de visualizações na primeira semana.

Álbuns: Garotas não mordem (EP)

Gravadoras: Warner Music Brasil

Músicas: Eu te amo tanto / Vai embora / I love you / Me beija / Garotas não mordem / Você foi moleque / Como seria / Seu abraço

Roberto Menescal

Roberto Menescal

Roberto Batalha Menescal nasceu em 1937 em Vitória e foi um dos grandes fundadores do movimento Bossa Nova. Participou na época em reuniões em casa de Nara Leão, em Copacabana, onde todo o movimento começou.

Actualmente é um dos mais importantes compositores deste género musical, a par de Carlos Lyra, Tom Jobim, e Vinícius de Moraes.

Algumas das suas criações musicais são hoje tidas como hinos do movimento, como o case de O Barquinho, Ah se eu pudesse, Você nós e o mar, ou Rio.

Como músico já tocou com vários artistas de renome, como Lúcio Alves, Aracy Almeida, Maysa, Elis Regina, Dorival Caymmi, Wanda Sá ou Sylvia Telles.

É também produtor musical, iniciando essa função na década de 60, com o disco de estreia da Wanda Sá – Vagamente. Fez também trabalhos de produção com Chico Buarque, Os Cariocas, Maria Bethânia, Cauby Pinheiro, Sanilo Caymmi, MPB-4, Elis Regina, Maysa, Nara Leão, Márcia Tauil, entre outros. Começou também a produzir para a gravadora Polygram, onde exerceu a função de director artístico também entre 1970 e 1986.

Hoje em dia toca o seu violão e guitarra, mas também dirige um selo musical e ainda gerencia novos projectos e grupos.

Em 2005 produziu um documentário sobre a bossa nova – Coisa Mais Linda – em parceria com Carlos Lyra.

Álbuns: United Kingdom of Ipanema / Eu e Cris / A galeria do Menescal / Swingueira / Brazilian Jazz live / Um cantinho, um violão / Agarradinhos / Uma mistura fina / Soul Beat Brazil / Brasilidade / Tributo a Lupicínio Rodrigues / Bossa Nova, Vol. III / Surf Board / Estrada Tokyo-Rio / A Bossa Nova de Roberto Menescal / Bossa entre amigos / Declaração / Bossa Zen / Bossa Evergreen / Os Bossa Nova / Pure Bossa Nova / Bossa Jam Session / Jazz & Bossa / The classics guitarra / Jazz e Bossa 2 / Música e Romance / Coleção Folha  anos de bossa nova

Músicas: O barquinho / Bossa entre amigos / Vagamente / Balansamba / Nós e o mar / A morte de um deus de sal / Errinho a toa / Brasilidade / Você / Batida diferente / Agarradinhos / Chão de giz / Nova Bossa nova / Influencia do Jazz / Eu e a música / Amanhecendo / Corazón Partío / Bye Bye, Brasil / Ah! Se eu pudesse / Bênção Bossa Nova / Corcovado / Mar, amar / Preciso aprender a ser só / A volta / Telefone / Copacabana de sempre / Telefone / entre outras.